Boas-vindas


A Sociedade Psicanalítica da Paraíba – SPP – foi fundada em 4 de março de 1995, pelos oito membros do Grupo de Estudos Psicanalíticos da Paraíba pertencentes ao Círculo Psicanalítico de Pernambuco. Sua finalidade é promover a formação de psicanalistas e desenvolver estudos e pesquisas visando ao conhecimento, aprofundamento e transmissão do saber psicanalítico, numa perspectiva marcada, desde o início, pela pluralidade teórica.

A Psicanálise foi criada por Freud para ser, indissociavelmente e nesta ordem, um método de investigação do inconsciente, uma prática terapêutica e, produzida por estes dois, uma teoria sobre o psiquismo humano, denominada metapsicologia. A formação de psicanalistas na SPP supõe um processo que, de acordo com nosso Estatuto e Regimento, envolve níveis de preparação através da análise pessoal, da supervisão clínica e do permanente estudo teórico, num percurso que valoriza a ética e o acompanhamento dos psicanalistas, de forma a garantir com cuidado a legitimação profissional pelo reconhecimento dos pares.

Como na efígie que nos identifica, apresentando Édipo diante dos enigmas do desejo sustentados pela esfinge, a SPP serve, para os que a compõem, como Instituição em que, identificados com o labor psicanalítico, acolhemos e nos sentimos acolhidos.

Em 2015, a SPP celebrou 20 anos de sua história. Em 2017, realizamos nossa VIII Jornada!

Por isso, também, bem-vinda, bem-vindo!


FEVEREIRO/2020 Notícias em Destaque

EDUCAÇÃO E PSICANÁLISE: A PROPOSTA DA PEDAGOGIA INSTITUCIONAL será a 6a Ed. de Debates Psicanalíticos em 20/03/2020 – Em sua sexta edição, teremos como interlocutor o Prof. Dr.. Bruno Robbes, da Université de Cergy-Pontoise, que é especialista em Pedagogia Institucional de orientação francesa. Doutor em Educação pela Université de Paris X – Nanterre La Défense, ele se dedica há quase 30 anos ao trabalho educacional com aquela proposta pedagógica, que tem como uma de suas referências centrais a Psicanálise – particularmente aquela de orientação lacaniana – e uma de suas metas o manejo dos conflitos na escola. Com efeito, o prof. Robbes é pesquisador das relações de autoridade na sala de aula e na escola. Tem artigos e livros publicados, dentre os quais um em coautoria com Édith Hevéline (“Démarrer une classe en pédagogie institutionnelle”), já traduzido em Português e incluído na edição do livro “Instituir para ensinar e aprender” (2009), coorganizado por Fernando Andrade (psicanalista da SPP). Faça aqui a sua inscrição

ABERTURA DA NOVA TURMA DO INSTITUTO DE ESTUDOS PSICANALÍTICOS LUÍS MAIA 2020-2021